Arquivo da categoria: Criador

Às vezes eu fico um pouco mais criar e traduzir uma história, rever um livro, compartilhar meus pensamentos sobre uma citação, ou escrever algo sobre o lado ficcional. Aqui estão elas…

Como tirar fotos bonitas

Eu aprendi recentemente uma técnica em fotografia de retrato deste artista amigo meu. Ele me disse que poderia usar um backlight para criar belos retratos. Eu sempre pensei que backlight era uma coisa ruim, que era algo que meu pai me ensinou. Eu confiei nele. Afinal, ele usou para tirar retratos impressionantes com seu fiel Yashica Electro 35. Posteriormente, depois de adquirir a minha primeira SLR, Eu passei muito tempo para entender os méritos do TTL (Através da lente) medição e flash de preenchimento para combater os males da luz de fundo.

Então, quando Stéphane me disse que a melhor maneira de capturar retratos agradáveis ​​é ter o sol atrás de meu assunto, Fiquei chocado. Mas a experiência me ensinou a sempre prestar atenção à Stéphane. Ele costumava tirar melhores fotos com uma câmera de papel farmácia do que eu com o meu prezado Nikon SLR. Ele estava certo, claro. Com o sol por trás deles, o assunto não tem que apertar os olhos e estragar seus olhos contra a luz. Eles são menos distraído e tendem a sorrir mais facilmente. E, o mais importante, seu cabelo backlit parece mágico.

Para fazer retratos de luz de fundo direita, no entanto, você tem que ter cuidado com algumas coisas. Primeira, certificar-se de que você não tem luz solar direta em sua lente, que irá criar flares indecorosas. Tenho certeza que a próxima vez que eu encontrar com ele, Stéphane vai me ensinar como usar flares para minha vantagem. Mas, por enquanto, Gostaria de evitar a luz direta na lente. Procure um lugar na sombra. Por exemplo, olhar para uma árvore lançando uma sombra. Não tente ficar na sombra, mas tentar obter a sombra em seu rosto, que é onde a câmara é provável que seja. Obter a árvore entre você eo sol. Como você faz isso na prática? Apenas vire-se e olhe para a sombra de sua cabeça; se ele está escondido dentro de outra sombra maior, você está seguro. Se não, mudança.

Stephane in CassisA segunda coisa a prestar atenção é a fundo. Não pode ser muito brilhante, ou a medição média de sua câmera vai subexpor rosto do seu assunto. (Mais uma vez, outro ditado o fotógrafo criativo provavelmente zombam). Olhe para o retrato de si mesmo Stéphane, tomada por mim no dia depois que eu comecei a revelação sobre backlight. Você pode ver meu reflexo em seus óculos, tentando baixo agachar de modo a obter o morro escuro no quadro, em vez de a praia de areia brilhante. Acho que isso é uma bela foto, pelo menos tecnicamente. Stéphane olhei para ele e reclamou que ele parecia um vilão de James Bond!

Kavita in Carnoux
Aqui é um retrato com luz de fundo da minha adorável esposa. Veja como o enquadramento inclui o matagal escuro no fundo que dá o bom contraste e brilho para o rosto. Tudo certo, Eu vou admitir que, a composição foi provavelmente um acidente de sorte. Mas ainda, Eu não teria tentado esta pressão a menos que eu sabia que backlight pode ser bom. Então, ser ousado, experimento com luz de fundo. Tenho certeza que você vai gostar dos resultados.

Aqui estão alguns retratos de luz de fundo dramáticos por um fotógrafo talentoso.

Terminação

The last lifecycle event of a trade is, claro, its termination. It can be triggered for a variety of reasons. Whatever the reason may be, when a trade is terminated, it calls for settlements and documentation archival by Back Office. Além, it may trigger public disclosures (in an aggregate form) by Finance, and incentive adjustments by Human Resources.

The common reasons for trade termination and the workflow it triggers are depicted in the figure below.

Trade termination

  • Trade Maturity: When a trade or an option reaches maturity, it gets terminated, which is the most uneventful mode of trade termination.
  • Option Exercises: If the bank or its counterparty exercises an option, it gets terminated. Exercises can take place any time during the lifetime of a trade, or only on specific dates, depending on the termsheet description of the product involved.
  • Barrier Breaches: Barrier options (or knock-in and knock-out options) may breach the pre-defined barriers and may get terminated generating settlements or new trades.
  • Target Triggers: Instruments that accumulate toward a target (such as range accruals or target redemption forwards) may get terminated when the target is reached.
  • Trade Novation: Novation is the special process by which the trade counterparty changes. Com efeito, the original counterparty sells the the trade or the option to another one. When a novation happens, the original trade is terminated and a new one initiated with special characteristics.

Validação e processamento

Uma vez que um comércio está reservado para o banco de dados de plataforma de negociação, desencadeia todo um coro de validação e processamento diário. O processo de validação é uma dança para frente e para trás entre as mesas de negociação em Front Office e as unidades de controle no Office Oriente, tudo mediado pela plataforma de negociação. Os comerciantes podem inserir um comércio em caráter experimental. Uma vez que eles estão convencidos de que é um comércio viável, eles empurrá-lo a um estado confirmado, que vai ser pego pela unidade de controlo de tesouraria. Se os comerciantes decidir descartar o comércio, o comércio acaba na pilha de lixo (mas nunca excluído permanentemente). A unidade de controle normalmente trabalha em um olho de quatro, modo de dupla validação. Eles verificar as entradas de comércio, e limites de controle, tais como o número de negócios permitido para um determinado produto. Se o comércio passa seus testes, eles definir seu status para um estado validado, o que desencadeia um segundo nível de verificação. Se o comércio não seja nível, eles são empurrados para trás em um estado que permite que os comerciantes, quer alterá-lo ou rejeitá-lo.

Trade validation

Uma vez que o comércio está totalmente validado, a parte de processamento começa. Trata-se de várias equipes e múltiplas perspectivas, a partir de como um comércio devem ser identificados para que a unidade de informações básicas que devem ser identificados.

Daily Processing

Como mostrado na figura acima, regular processamento ocorre em várias unidades de negócios.

  • Mesas de Operações monitorar comércios de cobertura e de reequilíbrio, monitoramento de ganhos e perdas (P / L), e permanecer dentro dos limites de risco. Os comerciantes seniores obter informações de os juniores destilada através deste regular processamento e tomar medidas apropriadas.
  • Middle Office desempenha um papel crucial no processo regular. Eles monitoram-alvo e de barreira violações, fixações de taxa e exercícios de opção, geração de fluxo de caixa, e desova outros comércios de caixa. Geram (com a ajuda da plataforma de negociação) contabilístico adequado gatilhos para Back Office para agir em, a fim de executar assentamentos, confirmação comércio, documentação de arquivo etc.
  • Controle do Produto é outra unidade de negócios incorporado dentro do escritório meio que monitorar ativamente o P / L em uma base diária, com vista a explicar os seus movimentos com base nas sensibilidades e os movimentos do mercado, fornecendo uma ação independente da rentabilidade da actividade de comercialização. Seus cálculos de reservas alimentar nos departamentos de finanças e de recursos humanos e afetam incentivos comerciante e compensação.
  • Mercado de Gestão de Risco também tem hordas de pessoal contratado para realizar o monitoramento diário de limites de negociação (tais como nocionais, delta-equivalentes etc.) bem como VaR computação, Os testes de estresse de VaR. Na maioria dos bancos, Eles também lidar com o cumprimento da notificação às autoridades reguladoras e fornecer inteligência de forma concisa e acionável para a gestão superior que decidem as estratégias de negociação.

Como veremos em breve, o foco diferente e específica de cada unidade de negócio exige uma projeção única (que chamaremos de uma perspectiva) das informações negociação da plataforma de negociação. Esta exigência é uma das coisas que fazem a sua concepção e implementação tão desafiador.

Trade Inception

The inception events of a trade can be classified into two categories. The pre-trade activities are those that have to take place even before the first trade is booked. The per-trade inception activities are the ones specific to each trade.

Pre-trade activities

The pre-trade activities are related to new product on-boarding and approval. As we saw, in-house trading platforms are designed to be nimble and responsive. In principle, it should take little time for a new product to be on-boarded. The last system I worked on, por exemplo, was designed to deploy a new product idea in a matter of minutes. But the architects of such systems tend to forget the human, process-related and control elements involved in it. As the slide above illustrates, a new product idea or a new pricing model originates from the work of a model quant or a structurer in Front Office. But before it gets anywhere near a production system, the pricing model needs to be validated, typically by the analytics team in the Middle Office risk management group. Once validated, the product goes through a tortuous approval process that may take weeks or months, and then a formal deployment process, which may again take weeks or months. When that process is completed, the product is available for trading in the trading platform.

Once available, the product can be instantiated as a trade. Each trade instance goes through its own validation and approval process. The trade request may originate from the sales or structuring team in Front Office. They will also prepare the term sheet and other legal documents. Once these tasks are completed, a trade is booked into the trading platform.

Per-trade process

These inception events are depicted in the second slide above. One of the crucial steps in the approval process is the credit control. As we described earlier, o credit risk management team uses a variety of tools to assess the risks involved. With their approval, and with the traders understanding of the market price of the product, a product available in the trading platform becomes a trade in the database. And the lifecycling fun begins.

Vida de um Trade

With the last post, we have reached the end of the second section on the static structure of the bank involved in trading activities. But a trade by itself is a dynamic entity. In this third section, we will look at the evolution of a trade, and see how it flows back and forth between the various business units we described in the last section. We will make the this section and the next into a new series of posts because the first series (em Como funciona um Banco?) has become a bit too long.

Back Office and Finance

As with most dynamic entities, trades also have the three lifecycle stages of inception, existence and termination. What we need to understand clearly is what the processes are around these general stages. What are the business units involved at each of these stages? What do they do? And how do they do it?

Trade lifecycle

We will see that from our perspective, the lifecycle interactions are all mediated by the trading platform. It is not so much because everything is contained within the trading platform, but because we are interested only in that limited set of processes that are. In some sense, the last section was about the physical, spatial description of the bank, and this section is going to be on the temporal evolution and dynamics of how things work on that structure.

Idiomas

Before leaving India in the late eighties, I could speak a bit of Hindi as my third language. English was the second language, e Malayalam my mother tongue. I wasn’t fluent in Hindi by any stretch of imagination, but I could speak it well enough to get rid of a door-to-door salesman, por exemplo.

This is exactly what my father (a confirmed Hindi-phobe) asked me to do during one of my visits home when a persistent, Hindi-speaking sari salesman was hovering over our front porch. By that time, I had spent over six years in the US (and considered my English very good) and a couple of years in France (enough to know that “very good English” was no big deal). So to get rid of the sari-wala, I started to talk to him in Hindi, and the strangest thing happened — it was all Francês that was coming out. Not my mother tongue, not my second or third language, but French! Em resumo, there was very confused sari salesman roaming the streets that day.

Verdadeiro, there is some similarity between Hindi and French, por exemplo, in the sounds of interrogative words, and the silly masculine-feminine genders of neutral objects. But I don’t think that was what was causing the outpouring of Frenchness. It felt as though French had replaced Hindi in my brain. Whatever brain cells of mine that were wired up to speak Hindi (badly, I might add) were being rewired a la franciaise! Some strange resource allocation mechanism was recycling my brain cells without my knowledge or consent. I think this French invasion in my brain continued unabated and assimilated a chunk of my English cells as well. The end result was that my English got all messed up, and my French never got good enough. I do feel a bit sorry for my confused brain cells. Karma, Eu acho — I shouldn’t have confused the sari salesman.

Though spoken in jest, I think what I said is true — the languages that you speak occupy distinct sections of your brain. A friend of mine is a French-American girl from the graduate years. She has no discernable accent in her Americanese. Once she visited me in France, and I found that whenever she used an English word while speaking French, she had a distinct French accent. It was as though the English words came out of the French section of her brain.

Claro, languages can be a tool in the hands of the creative. My officemate in France was a smart English chap who steadfastly refused to learn any French at all, and actively resisted any signs of French assimilation. He never uttered a French word if he could help it. Mas, então,, one summer, two English interns showed up. My officemate was asked to mentor them. When these two girls came to our office to meet him, this guy suddenly turned bilingual and started saying something like, “Ce qu’on fait ici.. Ó, desculpe, I forgot that you didn’t speak French!”

Resumo – Estrutura de um Banco

Completamos agora a nossa discussão sobre a estrutura geral de um braço de comércio banco de investimento típico. Nós fomos através das divisões Front-Middle-Back Office e as unidades funcionais e de negócios contidos. Note que olhava apenas para as unidades que têm uma influência sobre o comércio e desenvolvimento quantitativos. Note também que esta estrutura é fluido e pode ser implementado com nomes diferentes e hierarquias em diferentes bancos de acordo com suas estratégias empresariais e foco. Nós apresentamos a plataforma de negociação como o ativador ou pano de fundo da maior parte destas actividades do tesouro mundial (onde as atividades comerciais exóticas ter lugar) e as unidades de negócio associados (que lidar com vários aspectos do fluxo de trabalho do comércio) principalmente porque nós estamos olhando para a coisa toda do ponto de vista quantitativo desenvolvimento.

Back Office and Finance

A partir desta perspectiva, você vê a plataforma de negociação como a ferramenta mais importante (ou coleção de ferramentas) no banco. Ele media quase todas as interações entre as diversas unidades de negócio. Além disso, como veremos em posts futuros, a plataforma de negociação define o fluxo de trabalho de comércio e gestão do ciclo de vida. Portanto, também será importante para os desenvolvedores quantitativos para entender como essas unidades de negócios visualizar negócios e o processo de reserva de comércio e gestão. Suas perspectivas comerciais terão de influenciar a concepção da plataforma de negociação.

Am I Pretensioso?

Eu estava conversando com um velho amigo meu, e ele me disse que nunca se sentiu inclinado a ler qualquer coisa que eu escrevi. Naturalmente, Eu estava um pouco irritado. Quero dizer, Eu derramarei o meu coração e alma em meus livros, colunas e esses posts aqui, e as pessoas nem sequer se sentir inclinado a lê-lo? Por que isso seria? Meu amigo, útil como sempre, explicou que era porque eu soava pretensioso. Minha primeira reação, claro, era para ficar ofendido e dizer todos os tipos de coisas desagradáveis ​​sobre ele. Mas é preciso aprender a fazer uso da crítica. Afinal, se eu som pretensioso alguém, não adianta apontar que eu não sou realmente pretensioso, porque o que eu pareço e parecer e sentir como é realmente o que eu sou para que alguém. Esse é um dos temas subjacentes meu primeiro livro. Bem, não muito, mas perto o suficiente.

Por que eu soar pretensioso? E o que isso significa? Essas são as perguntas que vou analisar hoje. Entende, Eu levo essas coisas muito a sério.

Há alguns anos atrás, durante meus anos de pesquisa aqui em Cingapura, Eu conheci este professor de os EUA. Ele era originalmente da China e tinha ido para os Estados Unidos como estudante de pós-graduação. Geralmente, essa primeira geração de emigrantes chineses não falam Inglês muito bom. Mas esse cara falou muito bem. Para os meus ouvidos não treinados, ele parecia praticamente idêntico a um norte-americano e fiquei impressionado. Posteriormente, Eu estava compartilhando a minha admiração com um colega chinês de mina. Ele não estava impressionado com tudo, e disse, “Esse cara é um falso, ele não deve tentar soar como um americano, ele deve estar falando como um chinês que aprendeu Inglês.” Eu estava confuso e perguntou-lhe, “Se eu aprender chinês, Devo tentar soar como você, ou tentar ficar com o meu sotaque naturais?” Ele disse que era totalmente diferente — é sobre ser pretensioso, o outro é sobre ser um bom estudante de uma língua estrangeira.

Quando você chama alguém pretensioso, o que você está dizendo é o seguinte, “Eu sei o que você é. Baseado em meu conhecimento, você deve dizer e fazer certas coisas, de uma determinada maneira. Mas você está dizendo ou fazendo alguma outra coisa para mim ou outros impressionar, fingindo ser alguém melhor ou mais sofisticado do que você realmente é.”

O pressuposto implícito por trás dessa acusação é de que você conhece a pessoa. Mas é muito difícil conhecer pessoas. Mesmo aqueles que estão muito perto de você. Mesmo você mesmo. Só existe até agora você pode ver dentro de si mesmo que o seu conhecimento de si mesmo é sempre vai ser incompleta. Quando se trata de amigos casuais, o abismo entre o que você acha que sabe eo que é realmente o caso poderia ser surpreendentes.

No meu caso, Eu acho que meu amigo encontrou meu estilo de escrita um pouco pomposo talvez. Por exemplo, Eu costumo escrever “talvez” em vez de “pode ser.” Quando eu falo, Digo “pode ser” como todo mundo. Além, quando se trata de falar, Eu sou uma gagueira, gaguejando mexer com nenhuma projeção de voz ou de modulação para salvar a minha vida. Mas as minhas habilidades de escrita são bons o suficiente para me pousar comissões de livros e pedidos de coluna. Assim, foi meu amigo supondo que eu não deveria estar escrevendo bem, com base no que ele sabia sobre como eu falei? Talvez. Quero dizer, pode ser.

Contudo, (Eu realmente deveria começar a dizer “mas” em vez de “no entanto”) há um par de coisas de errado com esse pressuposto. Cada um de nós é uma colagem complexo de múltiplas personas feliz que coabitam em um corpo humano. Bondade e crueldade, nobreza e mesquinhez, humildade e pompousness, ações e desejos básicos generoso podem co-existir em uma pessoa e brilhar sob as circunstâncias corretas. Assim, pode a minha fraca articulação e impressionante (embora um pouco pretensioso) prosa.

Mais importante, as pessoas mudam ao longo do tempo. Cerca de 15 anos atrás, Eu falava fluentemente francês. Então, se eu preferia conversar com um amigo francês em sua língua, eu estava sendo dada pretensioso que eu não poderia fazê-lo cinco anos antes que o tempo? Está bem, nesse caso eu realmente era, mas alguns anos antes que, Eu não falam Inglês ou. As pessoas mudam. Sua mudança de habilidades. Suas habilidades mudar. Suas afinidades e interesses mudança. Você não pode tamanho de uma pessoa em qualquer ponto no tempo e assumir que qualquer desvio da sua medida é um sinal de pretensão.

Em resumo, meu amigo foi um idiota por ter me chamado pretensioso. Lá, Eu disse que. Eu tenho que admitir — era bom.

Back Office, Finanças et al

Do ponto de vista do desenvolvimento quant e quantitativa, Back Office é uma entidade distante. O seu papel é vital no ciclo de vida do comércio, como veremos mais tarde, mas eles estão fora da esfera de influência dos quants e desenvolvedores.

Back Office and Finance

Preocupa-se back office, principalmente com acordos comerciais e contabilidade. No vencimento, cada comércio gera um disparo liquidação geralmente com a ajuda de uma plataforma de negociação ou liquidação vended, que vai ser pego e posta em prática pelos profissionais de Back Office. Eles também cuidam de dinheiro e garantia de gestão.

Funções financeiras estão intimamente relacionados com operações do escritório traseiro. Entre uma série de operações contabilísticas relacionadas, eles têm uma tarefa extremamente importante, que é a produção de relatórios anuais. Esses relatos são examinados publicamente e determinam tudo, desde o preço das ações para bônus por desempenho, níveis salariais etc. Os profissionais de finanças pode exigir quant e ajuda analítica para determinadas tarefas. Em um dos meus papéis anteriores, Fui convidado para estimar o valor justo de mercado das opções de ações de funcionários (ESOP) com a finalidade de contabilidade para eles nos relatórios anuais.

O processo de precificação ESOP é semelhante ao (embora um pouco mais complicado do que) opção de preço de chamada normal. Entre outras coisas, você precisa da volatilidade da ação subjacente, a fim de calcular o preço. Eu usei o padrão móvel ponderada exponencialmente método da média para estimar-lo dos preços das ações, publicados nos dois anos anteriores ou então para calculá-lo porque era tudo que os dados que eu tinha acesso a. Antes que o tempo, Houve algum nome da ação corporativa e de cotações da bolsa havia mudado (ou não existia, Eu não me lembro qual). Em todo o caso, Eu sabia que o impacto da adição de mais dados antes dessa data seria insignificante por causa dos pesos exponencialmente decrescentes; seria muito menor que o erro completam ao citar o preço para quatro casas decimais, por exemplo. Mas o contador que foi convidado a olhar para o cálculo estava chateado. Ela veio até mim com seu livro de regras e me encaminhou para a página 57, parágrafo 2, onde foi especificado que eu deveria usar 10 anos para o cálculo EWMA. Tentei, em somente, para explicar a ela que eu não podia. Ela não parava de dizer, “Sim, mas página 57, 2 ....” Eu fui para explicar por que ele realmente não faz diferença. Ela disse, “Sim, mas página 57, 2 ....”

Contadores e profissionais de finanças pode ser assim. Eles podem ser um pouco “técnico” sobre essas coisas. Em retrospectiva, Acho que eu estava sendo ingênuo. Eu poderia ter usado apenas uma série de zeros para back-preencher os desaparecidos oito anos de dados (afinal, se o preço ticker não foi citado, ele é zero), e refeito a minha avaliação ESOP, que teria dado um preço ESOP idêntico ao que eu calculado anteriormente, mas desta vez satisfazendo tanto Finanças e os quants.

IT and other support

A equipe de desenvolvedores que trabalham em estreita colaboração com quantitativos é de Tecnologia da Informação. Eles são acusados ​​de a infra-estrutura de TI, segurança, networking, procurement, licenciamento e tudo mais relacionado à computação. De fato, desenvolvimento quantitativo é, como eu retratei-lo mais cedo, uma camada intermediária entre a TI e trabalho em matemática pura. Por isso, é possível para os desenvolvedores quantitativos para encontrar-se sob a hierarquia de TI, apesar de não trabalhar a seu favor. Tecnologia da Informação é um centro de custos, assim como todas as outras funções middle e back office, enquanto as unidades de Front Office ligadas à negociação são centros de lucro. Geradores de lucro recompensado muito melhor do que os outros, e é melhor para ser associado a eles do que TI.

De câmbio e de Valorização

Marcação comércios para o mercado exige dados de mercado up-to-date. Existem dois tipos de dados de mercado necessários para a fixação de preços — um é as taxas spot ao vivo, volatilidades, as taxas de juro, etc.. Este tipo de dados são chamados coletivamente de taxas. O segundo tipo é o tipo que vai para a definição dos produtos que estão sendo comercializados, ou as características das taxas. Estes incluem definições de pilares de taxa de juro, datas de cupão de títulos e taxas etc.. Este segundo tipo é considerado de dados estáticos.

Valuation and Product Control

A equipa de gestão taxas está a cargo do primeiro tipo de dados. Eles garantem que os fornecedores de dados ao vivo são consistentes uns com os outros e que os dados em si são precisas. Eles fazem isso através da aplicação de vários testes automatizados e limites para as taxas de entrada para sinalizar qualquer movimento suspeito ou inconsistência. Uma vez aprovado pela equipe, os dados são consumidos pela plataforma de negociação. A gestão de taxas é um papel crítico, e os dados de mercado é muitas vezes armazenados e servidos em bases de dados e serviços dedicados. Por causa dos aspectos técnicos envolvidos, esta equipa trabalha em estreita colaboração com os profissionais de tecnologia da informação.

Os dados estática é normalmente administrado por uma equipe separada independente da administração taxas. Eles vão por vários nomes, Controle Tesouro sendo um deles. Eles montaram produtos comercializados e taxas pilares e assim por diante. Em alguns bancos, eles também podem ser responsáveis ​​pela validação de dados de entrada do comércio.

Duas outras funções importantes do Oriente Escritório são de avaliação e produtos controles. Estas funções estão muito longe do desenvolvimento quantitativo e plataforma de negociação. Essas equipes assegurar que as valorizações registadas e / movimentos p l são consistentes com os movimentos do mercado. Controle de valorização leva um olhar mais atento sobre preços e P / L principalmente a nível do comércio, enquanto Controle do Produto preocupa com / L explicação P tipicamente ao nível da carteira. Uma vez que temos os gregos (taxas de variação dos preços dos produtos em relação às quantidades de mercado e tempo), podemos calcular e prever a mudança nos preços (ou movimentos P / L) usando expansão da série de Taylor. Se os preços calculados de forma independente (usando taxas de mercado reais) estão em desacordo com os preditos, ele aponta para uma incoerência interna e deve desencadear uma investigação detalhada.

Controle de produto também pode ajudar Finanças e de Recursos Humanos com o processo de reservas de avaliação, que estima o nível de exagero nas expectativas de lucro dos comerciantes efervescente. desde os comerciantes’ compensação está ligada ao lucro que geram, este processo de atribuição de reservas contra o lucro é essencial para garantir recompensas de desempenho equitativas.